Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/8255
Tipo do documento: Tese
Título: Biomarcadores no diagnóstico da doença renal em cães
Título(s) alternativo(s): Biomarkers in the diagnosis of renal disease in dogs
Autor: Souza, Saura Nayane de
Currículo Lattes do Autor: http://lattes.cnpq.br/9991507572546807
Primeiro orientador: Fioravanti, Maria Clorinda Soares
Currículo Lattes do primeiro orientador: http://lattes.cnpq.br/8772502020076257
Primeiro coorientador: Damasceno, Adilson Donizeti
Currículo Lattes do primeiro coorientador: http://lattes.cnpq.br/3900110295277130
Segundo Coorientador: Borges, Naida Cristina
Currículo Lattes do segundo coorientador: http://lattes.cnpq.br/9181279951885005
Primeiro membro da banca: Fioravanti, Maria Clorinda Soares
Segundo membro da banca: Paludo, Giane Regina
Terceiro membro da banca: Carvalho, Rosângela de Oliveira Alves
Quarto membro da banca: Martins, Danieli Brolo
Quinto membro da banca: Franco, Leandro Guimarães
Resumo: O objetivo deste estudo foi avaliar a aplicação dos biomarcadores, em especial da cistatina C, no diagnóstico da doença renal em cães e compreendeu duas etapas. Uma fase constou da avaliação de 12 cães, sendo seis pertencentes ao grupo controle e seis cães pertencentes ao grupo experimental que foram submetidos a um protocolo de indução de injúria renal com 30 mg/kg ao dia de gentamicina, via subcutânea, durante 10 dias. Os cães foram avaliados durante 45 dias por meio de: exame clínico; hemograma e fibrinogênio; bioquímica sérica (ureia, creatinina, proteínas totais, albumina, fósforo, cálcio, sódio, potássio, colesterol e eletroforese das proteínas séricas); bioquímica urinária (sódio, potássio, gama glutamil transferase e fosfatase alcalina); urinálise; determinação da razão proteína/creatinina urinária; hemogasometria e pressão arterial sistólica não- invasiva. A outra fase constou da mensuração da cistatina C sérica em 58 cães com doença renal crônica divididos nos estádios 2, 3 e 4 da IRIS (International Renal Interest Society) e em seis cães com injúria renal aguda induzida por gentamicina, avaliados durante 20 momentos após o início da injúria. Os resultados demonstraram que a enzima gama glutamil transferase urinária e a excreção fracionada de sódio e potássio foram mais precoces em detectar a injúria renal aguda em cães do que outros marcadores mais utilizados na rotina clínica como a creatinina e a ureia. A cistatina C sérica não foi eficiente em detectar de forma precoce a doença renal crônica em cães nos estádios iniciais e a injúria renal aguda, possuindo uma baixa aplicabilidade neste estudo.
Abstract: The goal of the study was to evaluate cystatin C and other biomarkers as diagnostic tools in canine renal disease. The project was divided in two studies. In the first study renal injury was induced in 6 animals by subcutaneous administration of gentamicin (30mg/kg) for 10 days, and 6 animals were kept as controls. Animals were evaluated for 45 days by the following clinical and laboratorial parameters: physical examination; hemogram and fibrinogen levels; measurement of creatinine, urea, total proteins, albumin, phosphorus, calcium, sodium, potassium, cholesterol levels (biochemical analysis); serum protein electrophoresis; urine sodium, potassium, gamma glutamyl transferase and alkaline phosphatase levels; urinalysis; urine protein / creatinine ratio; hemogasometry and non-invasive systemic arterial pressure. The second study evaluated the level of cystatin C in 58 dogs suffering from different stages (2-4) of chronical renal disease, as defined by International Renal Interest Society (IRIS) guidelines. Six animals presenting acute renal injury induced bygentamicin treatment were also evaluated (for 20 time points upon injury). The results indicated that changes in urine gamma glutamyl transferase and fractional excretion of sodium and potassium were the earliest parameters indicating acute renal injury, even when compared to most common renal disease biomarkers: urea and creatinine. Cystatin C measurement, on the other hand, showed little value for early detection of chronic kidney disease and acute kidney injury in dogs.
Palavras-chave: Caninos
Cistatina C
Diagnóstico laboratorial
Excreção fracional de eletrólitos
GGT urinária
Nefropatias
Canine
Cystatin C
Fractional electrolyte excretion
Laboratory diagnosis
Nephropathies
Urinary GGT
Área(s) do CNPq: PATOLOGIA ANIMAL::PATOLOGIA CLINICA ANIMAL
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Departamento: Escola de Veterinária e Zootecnia - EVZ (RG)
Programa: Programa de Pós-graduação em Ciência Animal (EVZ)
Citação: SOUZA, S. N. Biomarcadores no diagnóstico da doença renal em cães. 2017. 117 f. Tese (Doutorado em Ciência Animal) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2017.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/8255
Data de defesa: 6-Mar-2017
Aparece nas coleções:Doutorado em Ciência Animal (EVZ)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Tese - Saura Nayane de Souza - 2017.pdf4,7 MBAdobe PDFBaixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons